CONTRACEPÇÃO

Quais são os benefícios dos métodos contraceptivos?

1. Fazem com que a menstruação fique mais regular, menos prolongada e volumosa.

2.Contribuem para diminuir a cólica menstrual.

3. Diminuem o risco de câncer de útero, ovário e cólon.

4.Contribuem para reduzir a acne e o crescimento de pelo em locais indesejados.

5.Podem ser usados no tratamento de algumas desordens que causam aumento do fluxo menstrual e aumento da cólica, tais como miomas e endometriose.

6.Se usados continuamente, reduzem a frequência de enxaqueca associada à menstruação (embora não devam ser usados em casos de enxaqueca com áurea).

7.Se usados continuamente, servem no tratamento do sangramento menstrual aumentado e no tratamento de cólicas menstruais.

Quais são os possíveis riscos dos métodos contraceptivos hormonais combinados?

Os métodos contraceptivos hormonais combinados são seguros para a maior parte das mulheres, mas eles estão associados a um pequeno aumento no risco de trombose venosa profunda (TVP), infarto e derrame.

  O risco é maior em alguns grupos de pacientes: mulheres acima de 35 anos que fumam mais de 15 cigarros por dia ou mulheres que têm múltiplos fatores de risco para doença cardiovascular, como colesterol elevado, hipertensão arterial, diabetes. História prévia de derrame, infarto, TVP ou enxaqueca com áurea também fazem parte da relação de fatores de risco.

  Milhares de mulheres em todos mundo têm se beneficiado do uso da contracepção hormonal.  Atualmente, existe uma infinidade de opções de contraceptivos hormonais combinados, em dosagens diversas. A escolha da paciente pode ser individualizada: o médico, ciente das queixas (cólicas menstruais, TPM, irregularidade menstrual, por exemplo) e desejos da paciente (suspender menstruação, diminuição da oleosidade da pele), pode oferecer uma escolha que atenda suas necessidades e proporcione melhor qualidade de vida à mulher.

   Finalizando a primeira parte desse artigo, é importante reforçar que  para se ter segurança sobre o método contraceptivo escolhido, a mulher deve visitar seu ginecologista para que juntos possam decidir pelo melhor método.

Leia a segunda parte do artigo sobre contracepção: 

Fonte: Combined Hormonal Birth Control: Pill, Patch, and Ring. Frequently Asked Questions. The American College of Obstetricians and Gynecologists.